PERSONAGENS

Chapolin

O Chapolin Colorado é um herói que não conta com as habilidades, armas ou qualidades dos grandes super-heróis: força, inteligência, poder (todas elas em escala sobrenatural). No entanto, aprendeu a enfrentar seus medos e demais deficiências, convertendo-as em virtudes de verdadeiro herói. Desta maneira, sua satisfação e orgulho em ajudar os necessitados sempre serão maiores que qualquer “superpoder”. Nobre, com alta autoestima, autêntico, honesto, impulsivo, improvisado, ingênuo, burro, sedutor, pouco tolerante em geral, memória frágil.

Professor Inventivo

O Professor tem 70 anos. É uma mistura de cientista e inventor. Criou o design do Chapolin Colorado, assim como todas as suas armas. É algo tonto e teimoso, mas de grande coração. Dirige sempre seus conhecimentos e experiência para o bem da humanidade. Permanentemente está criando novas ferramentas que possam ser úteis em meu combate contra o mal.

Dulce Inventivo

Tem 25 anos. É filha do Professor Inventivo. Herdou a paixão pela ciência, de maneira que agora se encontra desenvolvendo projetos na área de engenharia em biotecnologia na Universidade. É alegre, conciliadora, astuta, com grande arrojo e grande energia. Não posso negar que me atrai, mas não gosta de tocar no tema do amor, apesar de que eu sim gosto de tocar… no tema. No entanto, tenho uma profunda admiração, respeito e carinho por ela.

Professor Inventivo

O Professor tem 70 anos. É uma mistura de cientista e inventor. Criou o design do Chapolin Colorado, assim como todas as suas armas. É algo tonto e teimoso, mas de grande coração. Dirige sempre seus conhecimentos e experiência para o bem da humanidade. Permanentemente está criando novas ferramentas que possam ser úteis em meu combate contra o mal.

Dulce Inventivo

Tem 25 anos. É filha do Professor Inventivo. Herdou a paixão pela ciência, de maneira que agora se encontra desenvolvendo projetos na área de engenharia em biotecnologia na Universidade. É alegre, conciliadora, astuta, com grande arrojo e grande energia. Não posso negar que me atrai, mas não gosta de tocar no tema do amor, apesar de que eu sim gosto de tocar… no tema. No entanto, tenho uma profunda admiração, respeito e carinho por ela.

Periquita Mozcorra

25 anos. Conhecida repórter do rádio e televisão nacionais. O olho que tudo vê. Flagelo de estrelas, políticos e super-heróis. Presidente vitalícia da F.U.T.R.I.C.A. (Federação Unida de Tagarelas, Rixosas, Indiscretas, Cochicheiras e Alcoviteiras). Periquita é implacável, só tem uma debilidade: eu. Está perdidamente apaixonada por mim e passa a vida tratando de me conquistar. Utiliza o que esteja ao seu alcance para saber tudo sobre mim: casado? Solteiro? Para essas perguntas, eu só tenho uma resposta: venha com seu rei!

Comandante Chacota

45 anos. É o chefe da polícia local. Homem preparado que controla de maneira correta e precisa todos os aspectos da segurança. No entanto, exagera um pouco as operações policiais para obter bons resultados. Reconhece quando precisa de minha ajuda, mas prefere levar ele mesmo as medalhas de mérito. Sugere-se certa rivalidade entre ambos, mas reconheço que pode ajudar, algumas vezes, em certos conflitos na luta contra o mal.

Clementina

60 anos. É a dona da cafeteira que é ocasional ponto de reunião de Inventivo, Dulce, Montoya e eu. Ainda que se diverta ao assumir o papel de mulher brusca e seca no trato com os demais, no fundo é uma mulher adorável e muito sensível. Temos muitos anos de uma forte amizade.

VILÕES

Pirulino

 

18 anos. Assistente do Doutor Mosquito. É extremamente inocente, mas entende perfeitamente as sinistras intenções de seu chefe. Sempre gosta de participar ativamente de tudo o que Mosquito cria e se interessa por conhecer a fundo os malévolos planos do vilão científico, pois sabe que algum dia será o herdeiro do conhecimento e dos bens do Doutor Mosquito.

Wilfrid Von Strudel

 

50 anos. Vilão de origem alemã. É piloto em homenagem ao seu avô, que lutou na Primeira Guerra Mundial. Seu objetivo é criar um grande caos (um “terrorista” light) para estar à altura da vilania de seu avô, pois um complexo de inferioridade o persegue, por não poder ser como seu avô. Quer criar guerras, explosões, revoluções, desestabilizar, qualquer coisa que o coloque à altura de seu avô.
Wilfrid é um nobre falido, herdou uma mansão que está em ruínas. Por isso, também dá golpes por dinheiro, mas não pelo dinheiro em si, mas para financiar seu sonho: um mundo em conflito.
Usa um tapa-olho. Sua arma é uma metralhadora que projeta um líquido viscoso que captura as pessoas ou coisas.

Doutor Mosquito

50 anos. Cientista. O objetivo número um de sua vida é me tirar do papel de herói para ele próprio assumi-lo através de seu avatar, a Baratona Verde. É óbvio que isso é uma fantasia absurda, o que o torna um vilão muito perigoso. É visceral, “intenso”, mas planeja muito bem seus golpes e é um inventor destro. No final, perde para suas próprias emoções fortes, a estupidez de Pirulino (seu assistente) e minha astúcia.

Rudy Culebro

27 anos. Vilão. É o mestre dos disfarces, pois possui uma grande capacidade para mudar rapidamente sua aparência e, assim, confundir os demais. Sempre encontrará a personalidade mais adequada para realizar seus terríveis propósitos. É um tipo com alguns complexos, pois é feio e fraco. Na infância e adolescência sofreu com as piadas e o rechaço de seus companheiros de escola, pois sua paixão por matemática e física lhe impediram de desenvolver alguma habilidade esportiva. Por tal razão, nunca permitiram-lhe participar de nenhuma equipe. É inteligente, preparado e perverso, faz planos complexos e produz inventos potentes. Seu objetivo é vingar-se da sociedade por tê-lo ridicularizado na sua infância. “Agora vou lhes mostrar quem sou”. Por seus amplos conhecimentos em física e matemática, desenvolve impressionantes armas como gigantescos lagartos robóticos, raios desintegradores, ondas hertzianas hipnotizadoras etc.
27 anos. Vilão. É o mestre dos disfarces, pois possui uma grande capacidade para mudar rapidamente sua aparência e, assim, confundir os demais. Sempre encontrará a personalidade mais adequada para realizar seus terríveis propósitos. É um tipo com alguns complexos, pois é feio e fraco. Na infância e adolescência sofreu com as piadas e o rechaço de seus companheiros de escola, pois sua paixão por matemática e física lhe impediram de desenvolver alguma habilidade esportiva. Por tal razão, nunca permitiram-lhe participar de nenhuma equipe. É inteligente, preparado e perverso, faz planos complexos e produz inventos potentes. Seu objetivo é vingar-se da sociedade por tê-lo ridicularizado na sua infância. “Agora vou lhes mostrar quem sou”. Por seus amplos conhecimentos em física e matemática, desenvolve impressionantes armas como gigantescos lagartos robóticos, raios desintegradores, ondas hertzianas hipnotizadoras etc.

Mascavidro

40 anos. Vilão, de origem cubana. Seu objetivo é um poder, deseja prevalecer sobre a autoridade como “dono do território”. Para consegui-lo, vale-se sempre de sua grande capacidade para se esconder, pois seu rosto e traje são totalmente escuros. Seus companheiros de crime são um par de bobos que não conseguem fazer nada direito, o que provoca a ira de seu chefe. Sempre se veste em tons muito escuros para igualar seu vestuário com seu tom de pele e, assim, complicar a identificação por parte das autoridades.

O Pequeno Aníbal

28 anos. Vilão. Gigante de mais de dois metros e meio de estatura. De aspecto temível. Aníbal é surdo e não diz gesticula palavra alguma, só se comunica com ruídos e monossílabas. Não tem família, portanto sempre viveu como um vagabundo: só, isolado e rechaçado por muitos. A avareza o converte em delinquente, pois não lhe importa nada para conseguir dinheiro. Sua arma é seu grande tamanho e seu descomunal porte físico.

A Gangue do Meião

É um grupo de bandidos estúpidos com iniciativa que buscam dar golpes muito grandes, para os quais não estão preparados, mas tentam. Seu principal objetivo é o roubo: de dinheiro ou bens materiais. A grande particularidade dessa gangue é que, no lugar de usar máscaras para ocultar seus rostos, decidiram colocar suas próprias meias e utilizar outras como armas, ao arrojá-las e fazer explodir odores não muito agradáveis.

A Gangue do Meião

É um grupo de bandidos estúpidos com iniciativa que buscam dar golpes muito grandes, para os quais não estão preparados, mas tentam. Seu principal objetivo é o roubo: de dinheiro ou bens materiais. A grande particularidade dessa gangue é que, no lugar de usar máscaras para ocultar seus rostos, decidiram colocar suas próprias meias e utilizar outras como armas, ao arrojá-las e fazer explodir odores não muito agradáveis.